Visitantes online: 1135
logo topo

terça-feira, 27 de junho de 2017

31/05/2017

17:27

Delação de Palocci pode provocar hecatombe no PIB nacional

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

Se Joesley e Wesley Batista, a dupla goiana, não sertaneja, da JBS conseguiu um acordo de delação premiada em que ficou livre de qualquer punição, gozando a vida em Nova Iorque, o ex-ministro Antonio Palocci não está errado em negociar nesse termos. Palocci oferece entregar banqueiros, grande empresários e Lula em troca de um ano de prisão domiciliar. Palocci foi ministro da Fazenda de Lula, e coordenador de campanha e ministro da Casa Civil de Dilma. Negociou com pesos pesados da economia nacional e barões da mídia. Tem muito a falar. Resta saber se o MPF vai querer ouvir. Palocci pode provocar um estrago maior que as delações da Odebrecht e da JBS juntas.

31/05/2017

16:09

Pesquisa mostra que mais de 90% querem Diretas Já

O instituto Paraná Pesquisas divulgou hoje mais uma pesquisa que abordou vários temas. Na sucessão presidencial o resultado é esse aí de cima. Mas é importante ressaltar que Lula lidera também a rejeição com 46%.

Quanto à realização de eleições diretas, 90,6% são favoráveis.

Já com relação a Temer, 80% acham que ele cometeu crime.

E comparando o governo Temer com o de Dilma, 60% acham igual a corrupção dos dois governos; 24% consideram o governo Temer mais corrupto; e 12% o de Dilma.

Não há condições de um presidente resistir muito tempo com essa avaliação popular.

31/05/2017

14:48

Sorte ou azar de Aécio Neves?

O desmembramento do inquérito de Aécio Neves no STF criou uma expectativa para ele e para a opinião pública. O seu inquérito será distribuído para outro ministro. Aécio pode dar sorte ou azar. O novo ministro pode rever a decisão que afastou Aécio do Senado, mas também pode aceitar o pedido de prisão encaminhado pela Procuradoria Geral da República. Vamos aguardar.

Agora, é para rir a postagem de Aécio, ontem à noite, no Twitter. Como podem ver abaixo, postou uma foto com alguns senadores tucanos e escreveu que estavam tratando da agenda política e das votações do Congresso. Como se tudo estivesse dentro da mais perfeita normalidade. Me engana que eu gosto!

Reprodução do Twitter de Aécio Neves
Reprodução do Twitter de Aécio Neves


Em tempo: No sorteio o ministro que cuidará do inquérito de Aécio no Supremo será Marco Aurélio Mello.

31/05/2017

13:29

Temer tenta escapar de depoimento sobre Joesley e "homem da mala"

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

Os advogados do presidente Michel Temer entraram com pedido para adiar o depoimento de Temer até sair a perícia da fita, ou em caso de negativa que ele não precise responder perguntas sobre o fato. Eu só queria lembrar que, como disse o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, a fita, se houve ou não edição, não é o que mais interessa neste momento, a admissão da conversa com Joesley Batista por Temer já é uma "confissão de culpa".

31/05/2017

11:58

Encontro Marcado com Garotinho (Quarta - 31/05)

31/05/2017

09:01

Fala Garotinho - 31 de maio de 2017

31/05/2017

07:58

Mais uma derrota para Temer

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

Temer deu ultimato aos senadores do PMDB, tinham até ontem para destituir Renan Calheiros da liderança do partido no Senado. O presidente está incomodado com as críticas de Renan às reformas e por ter se posicionado a favor da renúncia. Renan avisou que não ia cair. Não deu outra. Na queda de braço, o senador derrotou o presidente e continua Líder do PMDB no Senado. Temer amarga mais uma derrota, o que demonstra o seu enfraquecimento até dentro do seu partido. Renan deve estar rindo à toa.

30/05/2017

18:42

O jogo duplo dos tucanos

Reprodução do Zero Hora
Reprodução do Zero Hora

A se confirmar a cassação da chapa Dilma - Temer no TSE, o PSDB não pensará duas vezes em abandonar o presidente. Por enquanto morde e assopra. Por um lado apoia o governo, sempre relacionando a necessidade de reformas, sem se comprometer na defesa de Temer, mas por outro articula a sucessão presidencial indireta. O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) foi o primeiro nome colocado na pedra pelos tucanos. Mas já foi rifado. Entre o PSDB o nome em alta é o de Fernando Henrique Cardoso, com Geraldo Alckmin correndo por fora. Alckmin tem um problema adicional. Se for eleito indiretamente pelo Congresso nada o impede de disputar a reeleição no voto em 2018. Por isso há muita rejeição por parte dos partidos, o que FHC não teria, afinal com 87 anos na próxima eleição certamente não será candidato à reeleição. Um dos problemas para a tomada do poder pelos tucanos é que seus principais aliados, os Democratas, têm candidato, que é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que também faz jogo duplo, dá sustentação a Temer nas votações, mas nos bastidores articula para ficar com a cadeira dele.

30/05/2017

17:08

O eufemismo de Michel Temer

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Michel Temer é inigualável. As graves acusações que lhe são feitas, segundo o próprio, não passam de "desafios circunstanciais, acidentais”.

Disse isso a empresários e foi mais longe: "Se queremos futuro melhor, não há plano B". Garantiu que "deixará a casa arrumada ao final de 2018". Em que mundo Temer está?

30/05/2017

15:50

Por que está demorando a ter outra etapa da Lava Jato no Rio?

Reprodução do blog de Lauro Jardim
Reprodução do blog de Lauro Jardim

Muita gente tem se perguntado por que depois da Operação O Quinto do Ouro, ocorrida há exatos dois meses, não foi desencadeada nova etapa. Além disso tem sido amplamente noticiado a fila de empresários e publicitários na porta do MPF do Rio de Janeiro, se oferecendo para fazerem delações premiadas. O material é farto. Talvez a explicação para a demora em novas operações esteja na falta de efetivo da Procuradoria Geral da República no Rio de Janeiro. Mas vem chumbo grosso por aí, vamos aguardar quando será.

30/05/2017

14:34

Tribunal de Contas do Estado rejeita contas de Pezão de 2016

Sessão do TCE
Sessão do TCE

Por 4 votos a zero, o TCE rejeitou as contas de Pezão relativas a 2016. A relatora foi a conselheira Marianna Montebello Willeman, atual presidente em exercício, uma vez que os demais seis conselheiros estão afastados. O TCE reconheceu que Pezão não cumpriu os gastos mínimos constitucionais nas áreas de Saúde e Educação (Constituição Federal) e na Pesquisa Científica (Constituição Estadual).

Bem, ninguém tinha dúvidas de que o TCE reprovaria as contas. A questão é que agora caberá aos deputados estaduais referendarem ou rejeitarem o parecer do tribunal. O que podemos esperar da ALERJ? Como dizia o Barão de Itararé "de onde menos se espera, daí é que não vem nada". Em todo o caso vamos aguardar.

30/05/2017

13:30

Faltou combinar com Osmar Serraglio

Reprodução do Estadão
Reprodução do Estadão

Osmar Serraglio (PMDB-PR) recusou o convite para assumir o Ministério da Transparência, onde, aliás, os servidores realizaram protesto ontem contra sua escolha. Serraglio foi jogado para escanteio pelo Palácio do Planalto, passou a ser tratado como um estorvo, nem teve direito a uma conversa com o presidente sobre a sua demissão do Ministério da Justiça. Por que motivo agora iria colaborar com o plano de Temer para blindar o "homem da mala", o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR)? Para ele, é lógico, é muito melhor voltar ao mandato de deputado federal do que encarar uma encrenca no Ministério da Transparência só para ajudar Temer, que o abandonou.

Sem foro privilegiado, Rodrigo Rocha Loures pode ter sua prisão decretada em primeira instância. E nesse caso ficará muito mais próximo da delação premiada que está começando a negociar para desespero de Temer, Eliseu Padilha e Moreira Franco.

30/05/2017

11:55

Encontro Marcado com Garotinho (Terça, 30/05/2017)

30/05/2017

09:25

Fala Garotinho - 30 de maio de 2017

30/05/2017

07:56

Temer afronta a Justiça

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Quando Dilma nomeou Lula como ministro da Casa Civil, com objetivo de lhe garantir foro privilegiado, o STF suspendeu o ato, inclusive ambos respondem processo por obstrução na Justiça Federal do Distrito Federal. Mas Temer está indo mais longe. Promoveu Moreira Franco, de assessor a ministro, com o mesmo objetivo de lhe dar foro especial. Aliás, como a MP que criou o cargo para Moreira vai caducar esta semana, temer vai reeditá-la na maior cara de pau. Além disso trocou o ministro da Justiça com a clara intenção de interferir na Polícia Federal e esvaziar a Lava Jato. E de quebra alojou o ministro demitido da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB-PR) no Ministério da Transparência só para que seu suplente na Câmara, o "homem da mala" de Temer, o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) não perca a blindagem do foro privilegiado. Isso sem contar que o Palácio do Planalto manobra para interferir no julgamento da chapa Dilma-Temer no julgamento do TSE. É uma afronta acintosa à Justiça. O desespero de Michel Temer ultrapassa todos os limites.

29/05/2017

20:22

Escândalo, vergonha! Prefeitura de Campos vira paraíso das compras e contratos sem licitação

Prefeito Rafael Diniz
Prefeito Rafael Diniz

O prefeito de Campos, Rafael Diniz que se cuide. Mesmo sem as providências necessárias, que deveriam ser tomadas pelo Ministério Público, ele pode ser surpreendido a qualquer momento por medidas que envolvem diversas áreas do seu governo, e que até agora, em pagamentos, contratos para pagamentos futuros, compras, tudo sem licitação, comprometem mais de R$ 85 milhões.

Como poderão ver na tabela abaixo, só a Secretaria de Saúde já comprometeu até o momento mais de R$ 50 milhões. É bom lembrar que a secretária de Saúde, Fabiana Catalani, antes de assumir o cargo na prefeitura estava trabalhando como auditora na Santa Casa de Misericórdia, sob as ordens de Paulo Cassiano, pai do delegado federal Paulo Cassiano, e que foi colocado no cargo por intervenção pedida pelo promotor Leandro Manhães e decretada pelo juiz Ralph Manhães. Deve ser coincidência, mas os três são os mesmos que atuam na operação contra o Cheque Cidadão. O juiz, o delegado e o promotor são os mesmos que me impuseram a censura, tiraram o mandato de vereadores eleitos e atuaram em diversas decisões que o TSE posteriormente anulou.

Amanhã, por outros motivos, diversos setores da população de Campos vão protestar contra o prefeito Rafael Diniz, pedindo providências ao Ministério Público, mas a corrupção, que começa a grassar por todas as áreas do atual governo não pode deixar de ser pauta das reclamações contra atual administração.

Rafael Diniz é visto hoje como carrasco dos funcionários públicos, perseguidor dos terceirizados, um prefeito omisso, que não gosta das pessoas mais pobres e que mergulhou a cidade numa crise por falta de gestão.



PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ProximoUltimo