Visitantes online: 1960
logo topo

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

10/02/2017

16:38

Grupo Anonymous Brasil está divulgando dados de Jorge Picciani e da ALERJ

Reprodução do site Canaltech
Reprodução do site Canaltech

O grupo Anonymous hackeou o banco de dados da ALERJ e na sua página no Facebook começou a divulgar informações de Jorge Picciani e vai repassar para a imprensa informações importantes sobre os deputados.

Acesse as informações sobre Jorge Picciani já divulgadas pelo Anonymous Brasil

Aliás, o presidente da ALERJ, Jorge Picciani mostrou bem o tipo de político que é. Questionado pela imprensa se os protestos dos servidores teriam alguma influência na votação do pacote de maldades de Pezão, o "Rei do Gado" disse com todas as letras: "Não influenciam em nada". Só faltou dizer como o personagem Justo Veríssimo: "O povo e os servidores que se explodam".

10/02/2017

15:26

Mulheres de policiais militares protestam no Batalhão de Choque

Mulheres de policiais protestam contra Pezão e cobram o pagamento dos atrasados
Mulheres de policiais protestam contra Pezão e cobram o pagamento dos atrasados

Continua a mobilização das famílias dos policiais militares, que atinge pelo menos 27 unidades. No vídeo abaixo vocês poderão ver o protesto na porta do Batalhão de Choque, no Estácio. Daqui a pouco às 17 horas começa nova troca de turno. Para a mídia e para o porta-voz da PM está tudo normal, mas a gente precisa falar a verdade. O movimento está crescendo e as mulheres dos policiais dizem que vão virar a noite na porta dos batalhões.

10/02/2017

13:38

Sérgio Cabral pode pegar 50 anos de prisão nas operações Calicute e Eficiência

Ainda tem a Lava Jato com Sérgio Moro

Reprodução do G1
Reprodução do G1

Cabral, Adriana Ancelmo, Eike, Wilson Carlos, Avestruz e mais quatro foram denunciados pelo MPF do Rio. Cabral já era réu em duas ações, uma na Calicute, outra na Lava Jato. Se for condenado pelos crimes desvendados nas operações Calicute e Eficiência pode pegar 50 anos de prisão. Mas ainda tem o processo da Lava Jato, que está com Sérgio Moro em Curitiba. Logo poderá receber penas somadas de 70 anos de prisão, mas, claro, a legislação brasileira estabelece que ninguém pode ficar preso mais de 30 anos. E podem apostar que virão novos processos contra Cabral, porque ainda falta vir à tona muita roubalheira.

10/02/2017

12:24

Movimento de policiais militares, com apoio das famílias, reduz policiamento nas ruas

É mentira a versão do major Ivan Blaz, porta-voz da Polícia Militar, de que 95% do policiamento está nas ruas. Não posso precisar o percentual, mas em várias unidades os policiais não saíram para a rua:

18º BPM (Jacarepaguá)
6º BPM (Tijuca)
CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora)
16º BPM (Olaria)
20º BPM (Mesquita)
BP Choque

Por ordem dos comandantes ontem as viaturas saíram de tanque cheio e as trocas de turno em várias unidades aconteceu na rua, não no batalhão. Em 27 batalhões há registro de familiares com faixas e cartazes na frente apoiando a luta dos policiais militares.

À medida que o combustível das viaturas acabar o policiamento motorizado começará a deixar as ruas. Por enquanto não há registro de nenhuma ocorrência grave na segurança pública. Porém, policiais alertam que há noite as ruas poderão ficar desprotegidas.

10/02/2017

10:55

Encontro Marcado com Garotinho (Sexta - 10/02)

10/02/2017

08:45

Começa a aparecer a propina de Pezão

A Polícia Federal não tem dúvida sobre o recebimento de propinas pelo governador Pezão. Planilhas apreendidas com Luiz Carlos Bezerra, operador e amigo de Sérgio Cabral relacionam pagamentos a Pezão da ordem de R$ 800 mil. Na rubrica "Pé" aparecem quatro repasses de R$ 140 mil. Já no nome "Pezão" constam dois pagamentos de R$ 50 mil, além de outros R$ 140 mil ao lado do registro "Pzão". E não se esqueçam que Bezerra não era o "homem da mala" de Pezão, era operador de Cabral. O homem do dinheiro de Pezão, como já disse aqui inúmeras vezes chama-se Hudson Braga, o Braguinha, preso junto com Sérgio Cabral, Bezerra e Carlos Emanuel Miranda, o Avetruz, em Bangu 8. Além de cassado pelo TRE, Pezão agora aparece oficialmente como recebedor de propinas do esquema de Cabral. Toda a documentação apreendida será enviada ao STJ, onde Pezão já é investigado na Lava Jato. Não é possível que os deputados estaduais do rio continuem protegendo o governador que quebrou o Rio junto com Cabral, que foi cassado pelo TRE e que agora se confirma está envolvido no maior escândalo de corrupção da história do Rio de Janeiro. Pezão tem que ser afastado do cargo com urgência. E podem apostar que Pezão ainda irá fazer companhia a Sérgio Cabral em Bangu. Cabral deixou o governo pela porta dos fundos. Pezão vai deixar o Palácio Guanabara num camburão.

09/02/2017

17:34

Pede pra sair, Pezão

Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online

A desfaçatez de Pezão ultrapassa todos os limites, desafia a inteligência da população. Aprendeu com Cabral a mentir sempre, confiando que a mídia não o vai contradizer. Hoje pela manhã, em entrevista à rádio CBN, Pezão mandou mais uma pérola ao ser questionado se a cassação de seu mandato do TRE lhe traria mais problemas para o acordo com o governo federal. Resposta cínica de Pezão: "Nada me afastará do caminho para recuperar o Rio". A mentira seria cômica se não fosse trágica.

09/02/2017

16:39

Mais uma vergonha produzida pelo Senado

Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) responde quatro inquéritos no STF, dois deles na Lava Jato. A Comissão de Constituição e Justiça é a mais importante do Senado, assim como acontece na Câmara. Logo salta aos olhos, que se prevalecesse a ética, nunca um senador tão encrencado poderia presidir essa comissão. Mas Edison Lobão é do PMDB, é do grupo de José Sarney, segue a cartilha de Renan Calheiros, Romero Jucá e Eunício Oliveira, novo presidente do Senado. Por isso foi eleito por aclamação para a CCJ. O senadores deram um tapa na cara da sociedade, o PMDB manda e desmanda. É vergonhoso!

09/02/2017

15:45

Moreira Franco voltou a ser ministro no final da manhã, mas nova liminar suspende nomeação

Reprodução do G1
Reprodução do G1

A guerra de liminares por conta da nomeação de Moreira Franco como ministro, com o intuito de lhe dar foro especial, promete ir longe. Pela manhã o Tribunal Regional Federal da 1ª região derrubou a liminar que saiu ontem à noite na Justiça Federal de Brasília suspendendo a nomeação e posse de Moreira. Mas no início da tarde a juíza Regina Coeli Formisano, da da 6ª Vara Federal do Rio de Janeiro concedeu nova liminar suspendendo a nomeação e posse de Moreira Franco. Várias ações semelhantes já deram entrada na Justiça Federal de vários estados. A guerra promete ser longa. Como eu afirmei logo que esse imbróglio começou caberá ao STF resolver a pendência. E se confirmar Moreira como ministro ficará numa situação desconfortável, afinal, suspendeu a posse e nomeação de Lula, por liminar do ministro Gilmar Mendes, e os casos são idênticos.

09/02/2017

14:32

Um alerta sobre o movimento dos policiais militares do Rio

Quero que entendam que antes de tudo temos um compromisso com a verdade. Muitos meios de comunicação estão omitindo da população que os policiais militares não sairão dos quartéis amanhã, num movimento que está sendo organizado pelas famílias deles em todos os batalhões do estado. Tenho recebido informações de policiais de vários batalhões da capital e diversas cidades do Estado. A paralisação é algo real. Se o governo não sabe ou finge não saber devia pelo menos deixar a população de sobreaviso para o que pode ocorrer amanhã.

Temos consciência da gravidade do que está ocorrendo no Espírito Santo e o intuito desta nota não é estimular nem desestimular nada, apenas cumprir o papel de informar.

O pior que pode acontecer é as pessoas serem surpreendidas no dia de amanhã, na hora de irem para o trabalho, com a falta de policiamento na rua. Não é possível que o Serviço de Inteligência não tenha alertado as autoridades estaduais para a adesão de grande parte da tropa e a mobilização de familiares em todo o estado.

A situação é grave e real.

09/02/2017

13:27

SBT Rio mostra o escândalo do Porto do Açu - 3

Na terceira reportagem da série Porto da Desilusão, o SBT Rio mostra como uma das áreas mais férteis e produtivas do norte fluminense virou um gigantesco latifúndio improdutivo. Ambientalistas denunciam a omissão dos governos municipal, estadual e federal nas obras do Porto do Açu. Um crime ambiental contra a maior área de vegetação de restinga do Estado do Rio, equivalente a quase 5 mil campos de futebol.



09/02/2017

12:34

Presidente da Câmara acusado de vender emenda em troca de propina

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

É uma situação constrangedora para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Segundo a PF, Maia cobrou propina de R$ 1 milhão para aprovar emenda a uma Medida Provisória que beneficiou os negócios da empreiteira OAS. Isso quando ele era líder do DEM. Um deputado chamou a atenção para uma questão importante: "Se como líder de partido fez isso, imaginem o que pode fazer com o poder de presidente da Casa". É claro que a acusação da PF tem que ser provada na Justiça, mas coloca Rodrigo Maia na berlinda.

09/02/2017

10:55

Encontro Marcado com Garotinho (Quinta - 09/02)

09/02/2017

08:45

Papo do Blog

Pezão não tem mais condições morais de continuar como governador

Vídeo gravado na noite de ontem



08/02/2017

19:37

Cassação de Pezão pelo TRE torna seu governo ainda mais ilegítimo

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

Confesso que me surpreendi com a decisão do TRE do Rio, embora sempre tenha sabido que Pezão cometeu crime de abuso de poder econômico e não foi apenas nos gastos não contabilizados de R$ 10 milhões com gráficas, que por sinal, na época da campanha denunciei aqui no blog.

Muitos vão dizer que Pezão e Dornelles foram cassados, mas nada vai acontecer até o julgamento do recurso pelo TSE que pode demorar vários meses. Sim, isso é fato. Porém torna o governo Pezão ainda mais ilegítimo, lhe tira as condições mínima para permanecer à frente do nosso estado. Também reforça o movimento pelo impeachment do governador e vai deixar alguns deputados assanhados com a possibilidade de - caso o TSE confirme a decisão - a ALERJ eleger, por via indireta, um novo governante para completar o mandato até o final de 2018, e enfraquece ainda mais o pacote de maldades de Pezão.

08/02/2017

17:31

Por que Cunha não quer fazer exames para comprovar o alegado aneurisma?

Reprodução do Paraná Portal
Reprodução do Paraná Portal

Eduardo Cunha se negou a passar por exames no presídio para comprovar o alegado aneurisma, revelado ontem na audiência com Sérgio Moro. Segundo a direção do presídio, Cunha contou sobre o aneurisma aos médicos do presídio de Pinhais em 21 de dezembro, foi-lhe solicitado a apresentação de exames, mas mais de um mês e meio se passou e nada foi apresentado. Não dá para entender.

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ProximoUltimo