Visitantes online: 1382
logo topo

quarta-feira, 26 de julho de 2017

30/06/2017

17:45

Homem da mala pode fechar a tampa do caixão de Temer

Rodrigo Rocha Loures
Rodrigo Rocha Loures

Segundo o jornalista Ricardo Noblat, o homem da mala de Temer, Rodrigo Rocha Loures decidiu fazer delação premiada. De fato já havia notícias de que ele está psicologicamente arrasado na prisão, além de haver grande pressão por parte de sua mulher, grávida de 8 meses, e do pai dele. Rodrigo Rocha Loures sabe muito dos negócios de Temer em vários setores. Se ele de fato falar acabou de vez para Temer.

30/06/2017

16:37

Incompetência e caos administrativo da gestão Rafael Diniz

Reprodução da coluna Extra, Extra!, do Extra; ao lado Rafael Diniz
Reprodução da coluna Extra, Extra!, do Extra; ao lado Rafael Diniz

O que a jornalista Berenice Seara, do jornal Extra mostrou vem reforçar o que eu venho dizendo aqui no blog. O prefeito Rafael Diniz é inexperiente e incompetente, e conta com uma equipe muito fraca na Prefeitura de Campos. As atrocidades que está cometendo estão levando Campos a uma situação que em breve se igualará à do Estado do Rio, com os servidores recebendo o salário com atraso. Eu avisei que Rafael Diniz era a cópia de Pezão, mas não me deram ouvidos.

30/06/2017

15:01

Greve geral vira dia de protestos pelo "Fora Temer"

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

O presidente Michel Temer, malandramente, prometeu recriar o imposto sindical que foi extinto na reforma trabalhista aprovada na Câmara. Com isso várias centrais sindicais desistiram da greve geral. Comparando com a greve de abril são bem menos categorias que aderiram ao movimento. Porém, os transtornos para a população são grandes por causa de bloqueios feitos com barricadas em vias de acesso das principais capitais. Durante a tarde serão realizadas várias manifestações, aqui no Rio será às 17 horas, na Candelária. Mas, como já havia previsto, a greve geral virou um dia de protestos pelo "Fora Temer".

30/06/2017

13:36

Volta de Aécio ao Senado pode apressar saída do PSDB do governo

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

É uma decisão polêmica, mas que pode ter consequências muito ruins para o governo Temer. O principal motivo que mantinha o PSDB no governo era manter a blindagem do PMDB a Aécio Neves no Senado. Com a retomada do mandato, a ala tucana que defende a saída do governo vai pressionar ainda mais.

30/06/2017

12:00

Encontro Marcado com Garotinho (Sexta 30/06/2017)

30/06/2017

09:30

Fala Garotinho (Sexta, 30/06/2017)

30/06/2017

08:00

Temer segue perdendo aliados na Câmara

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

O presidente Michel Temer tem pressa na votação da Câmara sobre a admissibilidade da denúncia da Procuradoria Geral da República. Ele sabe que corre contra o tempo, afinal a cada perde apoios. Na Comissão de Constituição e Justiça, por exemplo, dos sete deputados do PSDB apenas um deve votar a favor de Temer. Já o PSD, que tem cinco integrantes na comissão, três vão votar com Temer, mas dois são contra. E é assim que o barco de Temer vai perdendo tripulantes. Por isso a defesa de Temer pretende usar apenas 4 das 10 sessões que tem direito para se defender. Tudo para apressar a votação no plenário, que só acontecerá em julho se for suspenso o recesso do Congresso. Se o calendário for mantido a votação só acontecerá em agosto. Até lá o Palácio do Planalto sabe que as chances de Temer são mínimas.



29/06/2017

19:09

Operação Calabar: Hoje começa a ser desvendado o mistério do assassinato da juíza Patrícia Acioli

Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online

A Operação Calabar, que prendeu hoje quase 100 policiais militares, além de traficantes e negociantes de armas vem sendo acompanhada pelo nosso blog há algum tempo. Na sexta-feira passada antecipamos que a bomba explodiria esta semana. E hoje quero chamar a atenção para um fato que tem passado até agora despercebido na cobertura que a imprensa vem dando.

Quase a totalidade dos policiais presos hoje integra ou integrou o mesmo batalhão dos assassinos da juíza Patrícia Acioli, que investigava dentro dessa unidade (7º batalhão) e unidades próximas, a atividade de grupos de extermínio comandados por policiais. A juíza, como se sabe, foi assassinada após o pedido de reforço da sua segurança ter sido negado pelo então presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Luiz Zveiter.

A Operação Calabar tem ainda muitos mistérios a revelar, mas o principal deles talvez seja uma pergunta deixada no ar pelo advogado da família da juíza assassinada, no julgamento dos matadores no Tribunal do Juri. O brilhante advogado Técio Lins e Silva, que atuou como assistente da acusação (defendendo a família da juíza), disse ao ser proferia a sentença condenatória contra os policiais assassinos: "Falta alguém importante sentado neste banco dos réus!". A quem ele se referia?

Com as prisões de hoje e o aprofundamento das investigações será muito fácil chegar ao nome da figura ilustre apontada pelo advogado.

Assistam a reportagem exclusiva que foi ao ar no SBT.



Mais detalhes amanhã no programa Fala Garotinho, na Rádio Tupi.

29/06/2017

17:30

O reencontro de Sérgio Cabral, Wilson Carlos e o Avestruz

Reprodução do UOL
Reprodução do UOL

Em 1981, no Colégio Bennett, da Zona Sul do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, Wilson Carlos, que depois viria a ser seu braço-direito na política, e Carlos Emanuel Miranda, que se transformaria em operador financeiro, conhecido como Avestruz iniciaram uma grande amizade que lhes rendeu milhões desviados dos cofre públicos, os transformou em milionários, mas terminou muito mal com os três na cadeia.

No processo em que Cabral foi condenado por Sérgio Moro a 14 anos e 2 meses de prisão, Wilson Carlos recebeu pena de 10 anos e oito meses, e o Avestruz foi sentenciado a 12 anos de prisão. Cabral e Avestruz dividem a mesma cela no presídio vip de Benfica. Já Wilson Carlos era o único integrante da quadrilha preso em Curitiba. Agora, por decisão de Moro, será trazido para o Rio de Janeiro. Os três amigos dos tempos de colégio vão se reencontrar numa cela em Benfica. Certamente não haverá festa, como aquelas farras que curtiram juntos nos últimos anos, vão ter que se contentar com as regalias do presídio, que em nada lembram a boa vida que não volta mais.

29/06/2017

16:14

Aécio Neves não se livrou do pedido de cassação

Por essa nem Aécio nem o pessoal do PMDB que articula para livrá-lo da cassação esperava. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) conseguiu as cinco assinaturas necessárias para recorrer da decisão do presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto (PMDB-MA), que mandou arquivar o pedido de cassação, sob a alegação estapafúrdia de que Aécio Neves foi vítima de uma armação. O grande articulador da manobra foi o chefe político de João Alberto, o ex-presidente e ex-senador José Sarney. Agora os 17 senadores do Conselho de Ética terão que votar se acatam ou não o arquivamento do pedido de cassação.

E surgiu mais uma pedra inesperada no caminho de Aécio. O presidente do conselho, João Alberto está internado com problemas cardíacos, terá que colocar um marca-passo. Se não se recuperar até o início da próxima semana quem assumirá a presidência será o vice, o senador Pedro Chaves (PSC-MS), que foi justamente um dos cinco que assinaram o recurso contra o arquivamento. Aguardemos portanto as cenas do próximo capítulo.

29/06/2017

14:51

Alguém aceita o pedido de desculpas de Pezão?

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Falta vergonha na cara desse desgovernador Pezão. Hoje ele pediu desculpas aos servidores estaduais pelos atrasos no pagamento dos salários. Agora, pasmem, disse que também está sofrendo: "Recebi ontem também os mesmos R$ 250 que um funcionário da Uerj recebeu. Todo o secretariado recebe no mesmo dia que recebemos. É um momento de dificuldade nossa". Que "dificuldade nossa" é essa, Pezão? Quis se colocar no mesmo drama do funcionalismo, que enfrenta todo o tipo de dificuldades e humilhações. Ora, Pezão, segundo as delações e provas apreendidas pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal, você recebeu uma fortuna em propinas, o salário do Estado para você é troco. Se Pezão, junto com Sérgio Cabral e sua quadrilha, não tivessem praticado o maior assalto aos cofres públicos da história do Rio de Janeiro, os servidores não estariam passando por todo esse sofrimento.

29/06/2017

13:24

Greve geral será mais um protesto "Fora Temer"

Não tenham dúvidas de que a greve geral programada para amanhã terá adesão bem menor do que a realizada em abril. As próprias centrais sindicais admitem que a mobilização é menor. Será mais um movimento de protestos nacionais contra o governo Temer. A reforma da Previdência está parada na Câmara desde que veio à tona a gravação de Michel Temer com Joesley Batista e na reforma trabalhista o governo está cedendo em vários pontos para tentar aprová-la no Senado. O que se espera é que não haja baderna nem vandalismo. A situação do país já demasiado grave. Os atos públicos marcados para as principais capitais serão na verdade manifestações pelo "Fora Temer".

29/06/2017

11:58

Encontro Marcado com Garotinho (Quinta - 29/06)

29/06/2017

09:25

Fala Garotinho - 29 de junho de 2017

29/06/2017

07:43

Para procurador, Temer tenta esvaziar Lava Jato

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Lava Jato acredita que o governo Temer deliberadamente “sufoca” a Polícia Federal (PF), que sem dinheiro nem para passaportes também carece de recursos para as operações de investigação: “Nem dinheiro para a emissão de um documento necessário como o passaporte. Imagine como está a continuidade das diversas investigações pelo país. Na Lava-Jato a equipe da polícia foi significativamente reduzida. A quem isso interessa?”. A equipe da Lava Jato já foi reduzida nos últimos meses. O diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello sabe que estão preparando a sua saída. É a vingança de Temer pela investigação da Polícia Federal que o flagrou na conversa com Joesley Batista. Aliás, essa ação do Palácio do Planalto conta com o apoio de muita gente graúda que tem medo da Lava Jato.

28/06/2017

19:03

Irresponsabilidade do prefeito Rafael Diniz pode deixar servidores de Campos sem salário

Prefeito de Campos, Rafael Diniz
Prefeito de Campos, Rafael Diniz

No ano de 2016, a prefeita Rosinha Garotinho firmou com a Caixa Econômica Federal uma cessão de crédito. Durante os meses de maio a dezembro de 2016, ela pagou todas as prestações junto à Caixa Econômica Federal, mantendo rigorosamente o acordo firmado com a Prefeitura de Campos e a instituição financeira.

Mal orientado e movido por um discurso sem base técnica, o prefeito de Campos, Rafael Diniz desde que assumiu em janeiro não pagou uma prestação sequer do contrato firmado entre o município e a Caixa. O que ocorreu era de se esperar, o banco recorreu à Justiça e ganhou o direito de receber o que está no contrato, com juros adicionais sobre o que o prefeito não pagou no período certo. Embora a prefeitura tivesse o dinheiro em caixa, Rafael, para sustentar o discurso que fazia na Câmara, resolveu enfrentar a Justiça e a Caixa, e perdeu. Agora corre o risco da Caixa executar a dívida toda de uma vez deixando a prefeitura desorganizada financeiramente.

Vejam abaixo quanto a Prefeitura de Campos recebeu em royalties e participações especiais do início do ano até agora.

Janeiro
Royalties - 26.580.772

Fevereiro
Royalties - 34.115.919 +
Participação Especial - 35.419.724

Março
Royalties - 31.661.249

Abril
Royalties - 28.223.134

Maio
Royalties - 27.762.696,27 +
Participação Especial - 38.300.879,19

Junho
Royalties - 26.339.628,96

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ProximoUltimo