Visitantes online: 1368
logo topo

quarta-feira, 26 de julho de 2017

11/07/2017

11:55

Encontro Marcado com Garotinho (Terça, 11/07/2017)






11/07/2017

09:25

Fala Garotinho (Terça, 11/07/2017)

11/07/2017

07:49

Sérgio Cabral sobre propinas: "Que maluquice é essa?"

Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Impressiona a desfaçatez do ex-governador Sérgio Cabral. Mesmo diante de todas as provas, do dinheiro já encontrado em contas no exterior, das joias, das barras de ouro, da mansão, da lancha, além de todos os depoimentos já colhidos nos 12 processos em que é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e outros crimes, Cabral insiste que nunca recebeu propina de quem quer que seja. Ontem chegou a fazer um teatro na frente do juiz Marcelo Bretas ao ser questionado mais uma vez sobre o recebimento de propina. "Que maluquice é essa?", foi assim que expressou sua falsa indignação. Mas em vários momentos chamou a propina de apoio. Disse que recebia era apoio, não propina. Então tá! É só uma questão de sinônimo. O que para uns é propina, para outros é pixuleco, cafezinho, e outras expressões criativas, para Cabral chama-se "apoio".


10/07/2017

19:03

Garotinho na abertura da reunião do PR-RJ



10/07/2017

16:55

Henrique Meirelles x Rodrigo Maia

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

Henrique Meirelles e Rodrigo Maia não são próximos, um já revelou reservas a respeito do outro em momentos anteriores. Mas ambos sabem que dependem um do outro no cenário pós-Temer que se aproxima. Rodrigo Maia só está na iminência de suceder Temer justamente por garantir ao mercado que Henrique Meirelles permanecerá onde está, à frente da equipe econômica. E Meirelles, que tem ambições políticas para 2018, dependendo do resultado da economia, da superação da crise, precisa continuar ministro para levar adiante o seu projeto pessoal. Mas Meirelles sabe que será uma espécie de fiador de Rodrigo Maia junto aos bancos e ao mercado financeiro. Por isso cobra autonomia no novo governo, valoriza o passe.

Mas o mais impressionante é que temos um ministro da Fazenda, subordinado a um presidente que está no exercício do cargo, sabe-se a que preço, mas está, que discute abertamente questões do próximo governo. Meirelles é mais um que não acredita mais na sobrevivência do seu atual chefe.

10/07/2017

15:36

FALA GAROTINHO DISPARA NA AUDIÊNCIA NO GRANDE RIO

Quero agradecer à direção da Rádio Tupi pela confiança depositada na minha trajetória como radialista. Ao completarmos o primeiro trimestre, nosso programa aproxima-se de uma cobertura diária, entre 9h30 e 11h, de 380 mil ouvintes, de 2ª à 6ª feira, sendo que a média ultrapassa 308 mil ouvintes por minuto.

A pesquisa IBOPE refere-se aos meses de abril, maio e junho e acreditamos que, com a confiança do povo e dos nossos colegas de trabalho, com a garra da nossa equipe e o apoio dos nossos patrocinadores, em breve ultrapassaremos a casa de 450 mil ouvintes/dia, marca não atingida,há muito tempo, por nenhum programa de rádio no mercado disputadíssimo como é o Rio de Janeiro.

10/07/2017

15:10

Jacob Barata vai falar

Jacob Barata preso pela Polícia Federal
Jacob Barata preso pela Polícia Federal

O "rei dos ônibus" Jacob Barata, preso pela Polícia Federal na Operação Ponto Final, fechou com sua advogada o roteiro da delação premiada que será negociada com a força-tarefa da Lava Jato no Rio. A prisão do empresário José Carlos Reis Lavouras, localizado na sexta-feira pela Interpol em Portugal, fez Jacob Barata se apressar. Os dois eram os comandantes da "caixinha" da Fetranspor. Quem dos dois falar primeiro terá mais benefícios na negociação da delação premiada. A delação de Jacob Barata vai criar um clima de "barata voa" na ALERJ.

10/07/2017

13:41

Ninguém acredita que parecer de Sérgio Zveiter poupe Temer

Deputado Sérgio Zveiter logo após ser escolhido relator da denúncia contra Temer na CCJ
Deputado Sérgio Zveiter logo após ser escolhido relator da denúncia contra Temer na CCJ

Daqui a pouco, às 14h30, o deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) apresentará seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça. É quase unanimidade em Brasília que o parecer será pela aceitação da denúncia de corrupção passiva contra Temer.

Na quinta-feira, antes de embarcar para o G-20 na Alemanha, após se conhecer o nome do relator, Michel Temer chamou o ministro do Esporte, Leonardo Picciani ao Palácio do Jaburu e pediu que ele procurasse Sérgio Zveiter para uma conversa. Ninguém sabe qual o recado de Temer enviado por Leonardo Picciani, mas o ministro certamente não foi de mãos abanando, alguma coisa - com certeza - foi oferecida.

O problema é que Zveiter é um deputado de pouca visibilidade, do baixo clero. Mesmo no Rio de Janeiro é um "ilustre desconhecido" para a maioria dos eleitores. Se apresentar um parecer pró-Temer ficará conhecido e marcado como o deputado que protegeu o presidente acusado de corrupção. Será fatal para suas pretensões eleitorais em 2018, quando tentará se reeleger. Por isso a expectativa é de que não haverá surpresa, o parecer será defendendo a investigação de Michel Temer.

10/07/2017

11:58

Encontro Marcado com Garotinho (Segunda - 10 de Julho)





10/07/2017

11:11

É hoje a reunião do PR-RJ

Ficam convocados todos os prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais, membros dos diretórios municipais ou comissões provisórias, e representantes de movimentos para a primeira assembleia geral do PARTIDO DA REPÚBLICA - PR-RJ do ano de 2017, que vai acontecer hoje, às 16h, na sede do partido, na Avenida Rio Branco - 177, 19º andar, Rio de Janeiro. Vamos tratar dos dos seguintes temas:

1-Posicionamento do partido no estado sobre a crise nacional

2-Organização de chapas de deputados estaduais e federais

3-Eleição para o Senado e Governo do Estado

4-Reorganização dos diretórios municipais
.
5-Assuntos gerais

Atenciosamente

ANTHONY GAROTINHO
Presidente Regional

10/07/2017

09:56

Fala Garotinho - 10 de Julho de 2017

10/07/2017

07:55

Palocci quer entregar esquema da TV Globo

Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja

O ex-ministro Antonio Palocci quer revelar o esquema da TV Globo, que causou prejuízo bilionário aos cofres públicos em pendências fiscais da empresa da família Marinho, e sabe-se lá o que mais. Mas por que esse anexo da Globo "entra e sai da versão final" da delação de Palocci. Há grande pressão sobre o MPF para aliviar a Globo, por isso há procuradores que defendem que a emissora da família Marinho seja poupada em troca do apoio dos veículos de comunicação do grupo à instituição, PGR, e à Lava Jato. Vamos ver quem vai vencer essa queda de braço interna.

10/07/2017

06:39

Conversa Franca com Garotinho



09/07/2017

16:59

O que esperar de Rodrigo Maia?

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia

Os bancos e o mercado financeira conversaram com Rodrigo Maia nos últimos dias, através de interlocutores que representam seus interesses. Desde sexta-feira circulam notícias de que ambos, bancos e grandes investidores, estão abençoando o presidente da Câmara para suceder Michel Temer. Os bancos e investidores não estão abandonando Temer preocupados com os desvios éticos da atual mandatário do país, nem pela acusação de corrupção. Longe disso. A mudança de postura é porque se convenceram que tem mais a ganhar com Maia do que com Temer. Maia está ganhando esse apoio importante porque prometeu entregar em troca as reformas que eles tanto querem, que Temer lhes prometeu igualmente, mas não conseguiu cumprir, que massacram trabalhadores e aposentados.

Além disso Rodrigo Maia, conforme eu já antecipei aqui na semana passada, assumindo a Presidência da República, vai cumprir outro compromisso, esse dentro da casa, familiar. Vai manter seu sogro, Moreira Franco, como ministro de alguma pasta, só para manter o foro privilegiado. Essa sorte Eliseu Padilha não terá, afinal não tem Maia como genro.

São esses interesses que Rodrigo Maia representa. Que cada um tire sua própria conclusão sobre o que esperar de Rodrigo Maia como sucessor de Temer.

Mas o jogo democrático prevê a possibilidade dessa substituição. E convenhamos que cada dia a mais de Temer no Palácio do Planalto só faz piorar a situação do país.

09/07/2017

15:38

Aécio Neves cada vez mais parecido com Eduardo Cunha

Reprodução da coluna de Lauro Jardim, do Globo; ao lado Eduardo Cunha sendo levado preso para Curitiba
Reprodução da coluna de Lauro Jardim, do Globo; ao lado Eduardo Cunha sendo levado preso para Curitiba

O Brasil, desde o mês passado, fez uma descoberta de quem é o verdadeiro Aécio Neves. Foi mais ou menos como aconteceu com Sérgio Cabral quando eu revelei aqui no blog as fotos das farras da Gangue dos Guardanapos em Paris e Mônaco. Aécio sempre foi muito bem tratado pela mídia, passava a imagem de bom moço, um homem fino, acima do bem e do mal, um exemplo de político ética.

Eis que "a vaca foi pro brejo". Apareceram contas de Aécio no exterior, vieram à tona as propinas em grandes obras do governo mineiro, na sua gestão, e em empreendimentos de Furnas. Posteriormente as reveladoras conversas com Joesley Batista, onde o palavreado chulo, o festival de palavrões, mereceu até um pedido de desculpas do senador, aliás, o único, ignorando os 9 inquéritos no STF e as mais diversas acusações de corrupção. O Brasil testemunhou Aécio, de viva voz, pedir propina de R$ 2 milhões a Joesley Batista.

E agora essa notícia que, eufemismo à parte, o "foi especialmente duro" representa na verdade "ameaçou". Vamos ser claros. É a mesma estratégia de Eduardo Cunha. Igualzinha. Ameaças a aliados de quem conhece esquemas nada republicanos. O Brasil descobriu que o "bom moço" é muito parecido com Eduardo Cunha.

09/07/2017

14:20

A pressão da sociedade sobre os ombros de Sérgio Zveiter

Sérgio Zveiter sendo anunciado relator na CCJ da denúncia contra Michel Temer
Sérgio Zveiter sendo anunciado relator na CCJ da denúncia contra Michel Temer

Essa imagem retrata bem o peso de ser relator da denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça. Sérgio Zveiter, que não foi pego de surpresa, já tinha conversado com o presidente da comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), não conseguiu esconder a tensão no rosto, e reparem a expressão de Chico Alencar (PSOL-RJ) e de outros parlamentares no anúncio oficial do nome do relator.

Circulam nas redes sociais postagens de dezenas de artistas e celebridades cobrando de Sérgio Zveiter relatório pela aceitação da denúncia de corrupção contra Temer. Aliás, tem até vídeo, como esse de artistas amigos de Freixo. Mas a pressão é muito forte. Zveiter já sinalizou para colega que seu relatório não vai proteger Temer, que vai defender a investigação. A esta altura não tem outra alternativa. Um relatório blindando Michel Temer seria o seu suicídio político. As rede sociais colariam na sua testa um adesivo de "traidor", "protetor do presidente acusado de corrupção". Para quem não tem uma base política forte, que depende de votos de formadores de opinião, seria dar um tiro no pé, ficar sem chance de reeleição em 2018. Para Zveiter agora trata-se de uma questão de sobrevivência, mais do que qualquer arranjo político, seja qual for a maquinação de bastidores.



PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ProximoUltimo