Visitantes online: 1391
logo topo

quarta-feira, 26 de julho de 2017

08/07/2017

12:37

Não tenho medo de bandido

A jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, diz hoje em sua coluna que sou citado na delação de Eduardo Cunha, no trecho reservado aos seus inimigos.

Ora, é público que Cunha tem ódio de mim. Tenho processos contra ele e recentemente derrotei-o na Justiça. Pode falar o que desejar, sem prova delação não vale nada.

Eduardo Cunha é bandido e eu provei. Ser citado por Eduardo Cunha não é novidade. Ele está agindo por vingança.

Vai apenas responder mais um processo. Isso se a parte que ele me cita for aceita na delação.

ANTHONY GAROTINHO

Aliás, revejam abaixo alguns discursos onde enfrentei e denunciei o esquema de Eduardo Cunha e do PMDB na MP dos Portos, que eu chamei de MP dos Porcos.








08/07/2017

10:21

Férias tensas na ALERJ

Plenário da Assembleia Legislativa do Rio
Plenário da Assembleia Legislativa do Rio

Os deputados estaduais do Rio estão de férias, mas nunca houve um recesso como o atual. São férias tensas, muito tensas para dezenas de parlamentares. Todos sabem que vem por aí, não se sabe quando, o desdobramento das operações O Quinto do Ouro e Ponto Final com relação à "caixinha" da Fetranspor. Por isso os deputados vivem se falando através de mensagens de texto, sobressaltados, à medida que ouvem rumores sobre a nova operação. Aliás, o pânico que assola a ALERJ também atinge muitos vereadores da cidade do Rio de Janeiro por causa da "caixinha" da Rio Ônibus.

07/07/2017

17:42

Agosto pode ser novamente mês de desgosto na política brasileira

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

Depois do suicídio de Getúlio Vargas (1954) e da renúncia de Jânio Quadros (1961), ambos os fatos acontecidos no mês de agosto criou-se a máxima "agosto mês de desgosto para a política brasileira". Junte-se a eles o episódio do impeachment de Dilma Rousseff que teve o desfecho no Senado em 31 de agosto do ano passado.

Do jeito que a crise política atual caminha o mês de desgosto pode marcar também a queda de Michel Temer. Com o recesso do Congresso no final da próxima semana e com a delação de Eduardo Cunha é bem provável que Temer caia no mês de agosto.

07/07/2017

16:27

Doleiros, operadores financeiros e carregadores de malas de dinheiro

Desde a Lava Jato o Brasil descobriu três profissões que viraram das mais promissoras durante muitos anos e que se transformaram dentro da epidemia de corrupção que assola o país.

Doleiro antigamente era a pessoa que trocava dólares por dinheiro nacional. Virou o "profissional" que lava dinheiro das propinas e o remete para exterior.

Operador financeiro eram quem trabalhava na Bolsa de Valores. Virou o intermediário das propinas.

Carregador de malas era apenas quem trabalhava nos hotéis e aeroportos carregando malas de viagem. Virou o "homem da mala" que apanha o dinheiro vivo das propinas.

Agora, embora essas novas versões das profissões não tenham sido extintas, com certeza não são mais tão promissoras, além de que o risco é muito maior.

07/07/2017

15:02

Na chegada a Hamburgo para o G-20, Temer é recebido com faixa que pede sua saída

Faixa em prédio de Hamburgo onde se realiza a reunião dos líderes do G-20
Faixa em prédio de Hamburgo onde se realiza a reunião dos líderes do G-20

Michel Temer vai entrar para o anedotário político. Na chegada a Hamburgo, na Alemanha disse aos jornalistas: "Crise econômica no Brasil não existe. Vocês têm visto os últimos dados. Pode levantar os dados e você verá que estamos crescendo no emprego, estamos crescendo na indústria, estamos crescendo no agronegócio. Lá não existe crise econômica". Meu Deus!

Aliás, ontem, antes de embarcar, avisou aos ministros qual a prioridade deles nos próximos dias. Nada a ver com questões de governo. Apenas que se empenhem em garantir votos das bancadas dos partidos a que pertencem para barrar a denúncia da PGR na Câmara. Nada mais interessa.


07/07/2017

13:39

Tudo se encaminha para Rodrigo Maia ser o próximo presidente do Brasil

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia

O Palácio do Planalto não tem mais dúvidas de que Temer já foi traído pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que está de olho na Presidência da República. O PSDB já defende o nome de Maia para a transição pós-Temer, diz que o governo acabou. Maia vem recebendo representantes dos bancos e investidores para conversar, não é à toa que o mercado já sinaliza que aprova seu nome. A base do governo na Câmara está desmoronando, mesmo com o "toma lá, dá cá" que Temer comanda pessoalmente junto aos deputados. O fim de Temer está cada vez mais próximo.

07/07/2017

11:55

Encontro Marcado com Garotinho (Sexta, 07/07/2017)

07/07/2017

09:25

Fala Garotinho (Sexta, 07/07/2017)

07/07/2017

07:53

Delírios de Michel Temer

Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Antes de viajar para a Alemanha, Temer gravou mais um vídeo para as redes sociais. Garantiu que o governo está trabalhando e não apenas cuidando das "pedras no caminho", um eufemismo para se referir à denúncia por corrupção. Mas o melhor veio depois: "Aliás, para mim, o melhor é o retorno da confiança no país. Isso me alegra muito. Voltando a acreditar, o emprego vem na hora!". Mas que "retorno de confiança no país" é esse? Ninguém tem confiança, nem aqui, nem lá fora. E o desemprego continua crescendo. A única exceção, onde houve um saldo positivo de poucas vagas, foi na agricultura, fruto de uma safra recorde, não de nenhuma medida tomada pelo governo. Quem Temer pensa que engana?

06/07/2017

18:47

Esvaziando a Lava Jato

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

Como disse hoje pela manhã o procurador do MPF, Carlos Fernando Lima estão matando a Lava Jato por asfixia. Primeiro reduziram o efetivo da força-tarefa, depois trocaram o ministro da Justiça, em seguida cortaram verba da Polícia Federal, e finalmente acabaram com o grupo que atuava exclusivamente da Lava Jato em Curitiba. E já se fala que o mesmo vai acontecer com a força-tarefa da Lava Jato no Rio. Tem muita gente soltando fogos. É elementar que a ordem vem do Palácio do Planalto.

06/07/2017

17:30

Pão de queijo mineiro saltou do forno do Conselho de Ética do Senado

Mais uma vergonha. Por 11 votos a 4, o Conselho de Ética do Senado negou o recurso sobre o pedido de cassação de Aécio Neves. Desta vez não foi uma pizza, mas sim pão de queijo que saiu do forno. Aécio pode até estar satisfeito, mas não tem motivos para comemorar afinal tem 8 inquéritos no Supremo Tribunal Federal. Foi mais um acordão por baixo dos panos entre o PSDB e o PMDB, um "toma lá, dá cá" da pior espécie. O PMDB ajudou a salvar Aécio no Senado e em compensação o PSDB continua dando sustentação ao governo Temer, inclusive mantendo seus 4 ministérios e muitos cargos.

06/07/2017

16:17

No desespero, Palácio do Planalto torce pela condenação de Lula

Lula cercado de parlamentares aliados no Aeroporto de Congonhas, quando foi levado coercitivamente para depor pela Polícia Federal
Lula cercado de parlamentares aliados no Aeroporto de Congonhas, quando foi levado coercitivamente para depor pela Polícia Federal

A situação de Michel Temer é tão desesperadora que no Palácio do Planalto há torcida para que o juiz Sérgio Moro divulgue logo a sentença de Lula no caso do triplex. E claro, torcem para ele seja condenado a prisão. Na lógica do Planalto isso tiraria o foco de Temer. Como se essa eventual condenação adiantasse alguma coisa para o presidente. No máximo o presidente deixaria as manchetes principais para Lula, mas continuaria em estado terminal.

06/07/2017

14:58

A novela da saída do PSDB do governo continua

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

Cada vez mais lideranças tucanas defendem a saída do partido do governo Temer, onde tem 4 ministérios. Enquanto isso o PSDB segue sangrando junto com Michel Temer. E a cada semana a reunião para definir a posição do partido vai sendo adiada. Agora querem esperar agosto. Os tucanos parece que ainda não se convenceram que vão pagar um preço muito alto pelo apoio a Temer nas eleições de 2018.

06/07/2017

13:35

Delações de Eduardo Cunha e Lúcio Funaro são o atestado de óbito do governo Temer

Eduardo Cunha e Lúcio Funaro presos pela Polícia Federal
Eduardo Cunha e Lúcio Funaro presos pela Polícia Federal

Desta vez o negócio é para valer. Eduardo Cunha e Lúcio Funaro estão fazendo delação premiada. Se não houver nenhum entrave no meio do caminho, as delações vão implodir o governo Temer e a cúpula do PMDB. E não é só isso. Muito provavelmente podem emitir passagens de ida para a prisão para Temer, Eliseu Padilha e Moreira Franco, entre outros. Vai ser o triste fim de uma governo trágico, aprovado por apenas 2% dos brasileiros. Fala, Cunha! Fala, Funaro!

06/07/2017

11:54

Encontro Marcado (Quinta, 06/07/2017)

06/07/2017

09:25

Fala Garotinho (Quinta, 06/07/2017)

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ProximoUltimo