As mesmas fontes que me informaram dias atrás, que o governador Cabral junto com o seu secretário Beltrame, articulava uma operação contra pessoas próximas a mim para tentar diminuir minha influência nas eleições deste ano voltaram a me ligar hoje.

Segundo essas fontes, Cabral teria em mãos pesquisas para o governo do Estado em que apareço liderando folgadamente a sucessão estadual e por isso está desesperado. Ainda segundo as fontes, Cabral e Beltrame teriam combinado a tal ”operação” para breve, muito breve. Pode até ser, mas saibam essas pessoas e esses políticos que estão usando a polícia para fazer política, que estou ciente de tudo, dos mandantes e dos executores e que nada ficará impune.

Alerto aos jornalistas e à opinião pública que essa tática utilizada em larga escala pelos nazistas para intimidar seus adversários políticos não funcionará comigo mais uma vez. Quem me conhece sabe que sou homem de enfrentar os desafios com coragem e nunca aceitei chantagem na minha vida.

Comentários