Sérgio Côrtes com Cabral e Adriana sorridentes; e bêbado com Cavendish e o secretário Wilson Carlos numa das farras da Gangue dos Guardanapos em Paris
Sérgio Côrtes com Cabral e Adriana sorridentes; e bêbado com Cavendish e o secretário Wilson Carlos numa das farras da Gangue dos Guardanapos em Paris



O líder da Gangue dos Guardanapos, o secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes um dia ainda vai ser declarado persona non grata no Estado do Rio de Janeiro. Mas por enquanto reina a impunidade e Côrtes continua aprontando e comandando o maior esquema de corrupção da história da saúde em todo o Brasil.

O jornalista Ricardo Boechat denunciou hoje na rádio Band News que os deficientes visuais que prestam serviços para a secretaria estadual de Saúde através de um convênio com uma ONG, estão há 4 meses sem receber salários. É uma humilhação. Boechat falou poucas e boas de Côrtes, mas ele não está nem aí, agora mesmo foi passear na Europa aproveitando as Olimpíadas de Londres. Para isso, para farras com o dinheiro público não falta verba. Para os deficientes visuais um tratamento desumano.