Reprodução do UOL
Reprodução do UOL



No final de semana uma bala vinda de uma favela furou a lona do centro de imprensa no complexo olímpico de Deodoro. Por sorte nenhum jornalista foi atingido. Ontem um ônibus da organização da Olimpíada que conduzia jornalistas brasileiros e estrangeiros para o Parque Olímpico foi atingido por duas balas que estilhaçaram duas janelas. Um jornalista da Turquia foi atingido pelos estilhaços de vidro e dois, um americano e outro da Bielorússia tiveram crises nervosas, já pensam em desistir da cobertura olímpica. A imprensa estrangeira está descobrindo da pior maneira a realidade da violência na cidade do Rio de Janeiro. E as notícias correm o mundo. Por falar nisso ninguém mais ouviu falar do secretário Beltrame. Não sei porque o governador Dornelles ainda o mantém no cargo.