Reprodução do G1
Reprodução do G1



Em apenas 7 anos, quando Cabral era governador, foram 67 viagens internacionais. Vocês lembram a minha luta para obter as informações sobre as viagens de Sérgio Cabral, que nem usando a Lei de Acesso à Informação, me foram fornecidas pelo governo federal. Aliás, no vídeo abaixo poderão relembrar um dos meus embates na Câmara para conseguir essas informações. Mas chama a atenção uma fatura do cartão de crédito apreendida no escritório de Adriana Ancelmo pela Polícia Federal. No mês de agosto deste ano, Adriana passou alguns dias em Londres e gastou só de conta de hotel R$ 92 mil. Agora imaginem quanto gastou em compras em dinheiro vivo. É um escárnio com o povo do Rio de Janeiro.