Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online



Está nas mãos do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, decidir se manda prender Pedro Miranda, que cuidava do dia-a-dia de Cabral e Adriana Ancelmo, Ele já é réu na Operação Calicute. Mas esse aí é fichinha, é pau mandado. A expectativa é sobre a prisão de outros integrantes da quadrilha que quebrou o nosso estado. Mas isso deve ficar para 2017. A Justiça começa hoje o recesso de final de ano e só retorna ao trabalho no dia 9 de janeiro.