Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online



Nos últimos meses quase todos os "especialistas" em segurança pública que são ouvidos pela imprensa carioca, são sempre os mesmos, de repente chegaram à mesma conclusão, muito tardia, diga-se de passagem. Falam que a "pacificação" e as UPPs foram uma farsa e denunciam a falência da política de segurança de Cabral, Pezão e Beltrame. Ora, há alguns anos eu venho dizendo o que todos só agora descobriram. Fui acusado até de sabotador das UPPs, quando na verdade eu só apontava o que estava errado e previ tudo isso que estamos vendo hoje. Aliás, um que batia palmas para a "pacificação" era o deputado Marcelo Freixo. Agora deveria fazer um mea culpa. Pode até ser coincidência, mas só depois que Pezão parou de liberar verba para alguns institutos de estudos sobre a violência, aos quais alguns desses "especialistas" estão ligados, é que viram a luz, descobriram a verdade sobre a farsa da pacificação e das UPPs. Por sinal em mais uma medida que não serve para nada, o governo Pezão anunciou que os caveirões que atuam nas comunidades, os poucos que ainda funcionam, vão ser todos pintados de branco. Nada mais do que maquiagem.