Reprodução da capa do Glob; ao lado Crivella e seu vice Fernando Mac Dowell na posse na Câmara de Vereadores
Reprodução da capa do Glob; ao lado Crivella e seu vice Fernando Mac Dowell na posse na Câmara de Vereadores



Na primeira edição, após a posse de Marcelo Crivella, o Globo mostra que ainda não se refez da derrota eleitoral no Rio de Janeiro, quando apoiou Pedro Paulo (PMDB) no 1º turno e Marcelo Freixo (PSOL) no 2º turno. Já partiu para o ataque contra Crivella. Quem conhece bem os meandros das relações entre a mídia e o poder, como é meu caso, não tem dúvida de que a tática do Globo é "criar dificuldades para gerar facilidades", leia-se garantir verbas publicitárias e patrocínios da Prefeitura do Rio.