Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

A secretária estadual de Cultura, Eva Doris é mais uma a pedir o boné deixar o governo Pezão. Com todo o respeito nem dá para avaliar a sua gestão porque não fez nada que tenha se destacado, mas também não teve dinheiro para realizar alguma coisa importante. Pelo menos tem uma trajetória ligada à cultura. Pior é o seu substituto, o líder do PMDB na ALERJ, André Lazaroni. Esse não entende nada de cultura, é advogado, mas é bom de negócios. As construtoras de sua família ganharam muito dinheiro com os governos Cabral e Eduardo Paes, aliás, na Olimpíada foram beneficiadas por contratos sem licitação. Num levantamento feito aqui no blog em 2012, as construtoras do pai de André Lazaroni já haviam faturado mais de R$ 100 milhões dos governos Sérgio Cabral e Eduardo Paes. Isso naquela época. Pelas obras olímpicas foram mais R$ 121 milhões. Lazaroni poderá conceder incentivos fiscais com base na Lei de Incentivo à Cultura. Que festa!