Por mais que o secretário de Segurança Pública, Roberto Sá diga que está tudo normal e que grande parte da mídia esconda o que de fato está acontecendo, o policiamento nas ruas é cada vez mais reduzido. Hoje os policiais da UPP da Rocinha andaram 5 km a pé por dentro do túnel para chegar ao trabalho. E as mulheres dos policiais militares não arredam pé da porta de 27 unidades em todo o estado.

A situação não tem nada de normal, tanto assim que o presidente Michel Temer acaba de anunciar que está autorizando o uso das Forças Armadas para o policiamento no Rio de Janeiro.