Reprodução do Extra
Reprodução do Extra

É cada vez mais dramática a situação do funcionalismo estadual. Ontem foi divulgado o calendário de pagamento do salário de janeiro, que será quitado em seis parcelas, a última no dia 15 de março, que é o décimo dia útil de março, quando deveria ser pago o salário de fevereiro.

22/02 - R$ 577,00
03/03 - R$ 462,00
07/03 - R$ 585,00
09/03 - R$ 378,00
13/03 - R$ 3.877,00
15/03 - Restante

Antes do carnaval só uma parcela de R$ 577. Isso se até lá não houver nenhum bloqueio nas contas do Estado. Com isso o salário de fevereiro vai atrasar ainda mais. Enquanto isso os serviços prestados pelo Estado vão parando, quase nada funciona. O buraco é cada vez mais fundo e continuará se aprofundando enquanto Pezão for governador.