Ministro Eliseu Padilha e senador Aécio Neves
Ministro Eliseu Padilha e senador Aécio Neves

Enquanto o Senado debate a indicação de Alexandre de Moraes para ministro do STF, nos bastidores continuam as articulações sobre a escolha do futuro ministro da Justiça. Já falei aqui que Aécio Neves quer que seja José Bonifácio de Andrada, que foi Advogado Geral do Estado de Minas Gerais na gestão do tucano. Mas o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha está se mexendo pelo assessor jurídico do seu ministério, Gustavo Rocha, que foi advogado de Eduardo Cunha, que por sinal foi quem o indicou para o Palácio do Planalto. E por fora torcendo para essas articulações não darem certo está a bancada do PMDB na Câmara que que o cargo para o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR). Uma questão que pesa contra o candidato de Aécio é ser oriundo do Ministério Público. Existe uma rixa antiga entre a PF e o MPF. Não sei se os policiais federais aceitariam numa boa serem comandados por um procurador. O futuro secretário Nacional de Segurança Pùblica deverá ser mesmo o criminalista e amigo de Temer, Antônio Cláudio Mariz. O lobby por Beltrame, do PMDB-RJ e da Globo, está perdendo terreno.