Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Cláudio Melo Filho confirmou ao ministro do TSE, Herman Benjamin que se reuniu com Michel Temer, que pediu dinheiro para a campanha eleitoral de 2014. É o que já havia contado na sua delação premiada. Isso contraria a tese da defesa de Temer, que defende que ele era presidente do PMDB e candidato a vice, mas não teria participado de pedidos de doações nem se envolvido com o dinheiro da campanha.