Reprodução do Estadão
Reprodução do Estadão

A mídia não fez mais alarde sobre o pacote que o amigo de Temer, José Yunes, disse que recebeu, como "mula involuntária", do doleiro Lúcio Funaro para ser entregue a Eliseu Padilha. Por esse motivo Padilha reassumiu hoje o Ministério da Casa Civil. Mas ninguém acredita que a sobrevida dure por muito tempo. Padilha está na Lista de Janot porque também foi citado na delação da Odebrecht. Temer diz que ministro do seu governo só terá que se afastar se for denunciado pelo MPF. A Lista de Janot, por enquanto, pede apenas investigações, não se trata de denúncia. Mas a manutenção de Padilha como ministro vai agravar a, já pouca, credibilidade do governo Temer. Mas chega a ser engraçada a posição de Padilha de que "em time que está ganhando não se mexe". Ganhando o quê? Padilha só pode estar debochando.