Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Ainda não havia comentado essa notícia que surgiu no final de semana. Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao se mudar para a residência oficial da Presidência da Câmara, antes ocupada por Eduardo Cunha, chamou um padre que faz exorcismos em São Paulo para livrar o ambiente de maus espíritos. Sua mulher dizia que ouvia fantasmas de noite. Com Michel Temer aconteceu a mesma coisa. Ao se mudar para o Palácio da Alvorada, sua esposa, Marcela, o convenceu a chamar o mesmo padre, pelo mesmo motivo. Mas parece que o padre não deu jeito, Marcela continuou ouvindo fantasmas e por isso Temer e família decidiram voltar a morar no Palácio do Jaburu (residência oficial da Vice-Presidência).

Francamente eu acho que os "maus espíritos" que frequentam as residências oficiais de Michel Temer e Rodrigo Maia não são do mundo dos mortos, como alguns acreditam, e respeito a crença de cada um. Esses " maus espíritos" estão vivíssimos, aliás, o certo seria dizer que são vivíssimos. Basta observarem a lista dos políticos que são assíduos nas duas residências. Alguns, como disse um deputado que entende do assunto, são pior que "encosto".