Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Eu escrevi aqui no blog, vocês devem estar lembrados, que queria ver de quanto tempo seria a sobrevida do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que retornou a cargo depois de uma cirurgia, apesar da história do pacote do doleiro Lúcio Funaro que foi deixado com o amigo de Temer, José Yunes.

Agora a situação vai ficar ainda mais complicada. Eliseu Padilha e Moreira Franco, os dois ministros mais próximos de Michel Temer, são acusados de receber propinas na privatização de aeroportos, ocorrida durante o governo Dilma. Para quem não lembra ambos ocuparam a Secretaria de Aviação Civil no governo petista. E logo eles que bateram em Dilma! É aquilo que eu digo, o governo Temer foi trocar seis por meia-dúzia.