Reprodução do Valor Econômico
Reprodução do Valor Econômico

Sérgio Cabral já fez uma tentativa de fechar acordo de delação premiada que não prosperou. Ele ofereceu ao MPF entregar esquemas de corrupção que envolviam Pezão, deputados e ex-secretários. Mas nesses casos a força-tarefa da Lava Jato do Rio está com a investigações bem avançadas e não aceitou as condições de Cabral. O MPF queria que Cabral falasse dos seus negócios envolvendo o MP Estadual e o Judiciário fluminense. O ex-governador, preso em Bangu 8, estava relutante, temendo retaliações futuras nos processos judiciais. Mas sem alternativa, parece que finalmente está colocando no papel esquemas que podem abalar os dois poderes. Vamos aguardar.