Está aí mais uma covardia do governador Pezão. O subtenente do Corpo de Bombeiros, Mesac Eflaín está preso desde terça-feira porque disse numa entrevista que o Hospital Central da corporação, por falta de verba, não tem condições de atendimento. Ele falou a verdade e foi punido de forma vergonhosa com 10 dias de prisão, ficará detido até o próximo dia 6. É uma indignidade. Pezão deveria mandar prender é os ladrões que ainda estão no seu governo roubando, não um bombeiro, um servidor que se dedica à população, o que o governador não faz. Por isso registro aqui meu repúdio à ordem de Pezão e minha solidariedade ao subtenente Mesac Efraín.