Cláudia Cruz em Curitiba em dia de visita a Eduardo Cunha
Cláudia Cruz em Curitiba em dia de visita a Eduardo Cunha

Ontem Eduardo Cunha foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 15 anos e 4 meses de prisão em regime fechado. Já sua mulher, Cláudia Cruz, é ré no mesmo processo, acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Moro já abriu o prazo para o Ministério Público apresentar as alegações finais, e em seguida será a vez da defesa. Isso significa que ainda em abril deverá sair a sentença de Cláudia Cruz. E apesar disso, Cunha não dá sinais de aderir à delação premiada, nem para tentar salvar a mulher.

Em tempo: A defesa de Cláudia Cruz está pedindo ao juiz Sérgio Moro mais tempo para apresentar as alegações finais. A justificativa é que precisa ouvir uma testemunha que mora em Cingapura. Duvido que a malandragem cole.