Reprodução do Extra online
Reprodução do Extra online

A sensação que dá é que Pezão sabe que está chegando a hora em que vai ser afastado, que ocorrerá intervenção no Estado do Rio, e precisa correr para fazer "negócios". O projeto de recuperação fiscal dos estado prevê a redução dos incentivos fiscais. Pois não é que o governador quer conceder mais R$ 650 milhões de incentivos à Ambev. Alega que serão criados 120 empregos diretos. Bem fazendo uma conta simples, por cada emprego Pezão quer dar R$ 5,5 milhões em incentivos. O projeto já está na ALERJ, que, não duvido nada que vá aprovar esse absurdo. É um escárnio.

E mais uma semana vai terminar sem a votação do projeto de recuperação fiscal dos estados. Era terça, passou para ontem, depois ficou para hoje de manhã, agora foi empurrado para a próxima terça. E os servidores, ó...