Reproduções da Folha de S.Paulo, Estadão e R7
Reproduções da Folha de S.Paulo, Estadão e R7

O divisor de água na vida de Cabral, não tenham dúvida, foi a divulgação aqui no nosso blog, em 2008, das imagens e vídeos das farras dele, Adriana Ancelmo e a Gangue dos Guardanapos em Paris e Mônaco. Até ali a blindagem da mídia protegeu Cabral e sua quadrilha. Essas imagens porém, não havia como serem escondidas, até porque se espalharam pelo internet. Foi quando muita gente caiu na real e começou a ver quem era Sérgio Cabral e o que estava fazendo com o dinheiro público, junto como empreiteiro Fernando Cavendish. Claro que isso não derrubou Cabral, mas foi o início da derrocada, que ainda demoraria oito anos. Ontem, com a prisão de Sérgio Côrtes, um dos ilustres integrantes da Gangue dos Guardanapos o material divulgado por nós em primeira mão voltou a ilustrar as matérias da televisão, jornal e internet. Pena que alguns veículos não deram o devido crédito ao blog.