Nosso blog revelou em primeira mão os esquemas das obras da Odebrecht com os governos Sérgio Cabral - Pezão (Montagem do Brasil 247)
Nosso blog revelou em primeira mão os esquemas das obras da Odebrecht com os governos Sérgio Cabral - Pezão (Montagem do Brasil 247)

Alguns fatos importantes.

Um delator da ODEBRECHT diz que a empresa resolveu não dar dinheiro a Romário porque ele falava mal dos estádios de futebol.

Eu denunciei corrupção em várias OBRAS da ODEBRECHT muito antes da imprensa e da justiça. Desde 2008.

Só para citar algumas: LINHA 4 DO METRO, PAC DO ALEMÃO, OBRAS DA REGIÃO SERRANA, O PRÓPRIO MARACANÃ e outras. Está tudo registrado em denúncia crime ao MP FEDERAL e no meu blog.

Parece estranho não ajudar um e ajudar outro.

Hoje reportagem do jornal GLOBO mostra a evolução patrimonial dos políticos que enriqueceram.
Não existe a menor possibilidade de qualquer alteração patrimonial minha.

Por isso não falaram nada.

Porque não existe.

Outra situação intrigante intrigante.

A ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça Eliane Calmon afirmou em entrevista: "delação da ODEBRECHT sem membros do Judiciário não pode ser levada a sério."

Ela sabe muito bem o que está falando. Conhece a fundo seus colegas.

Também não mostram a gravação de um dos delatores dizendo."A imprensa sabia disse há muito tempo. Porque só agora?"

Encobriram tudo é só começaram a falar depois que mostrei a foto dos guardanapos na cabeça no meu blog?

Querem me desacreditar para não prender o restante da quadrilha de Cabral que saqueou o estado a ponto de deixar os funcionários passando fome.

Não conseguirão.

Falta muito mais gente poderosa ir para Bangu. Muita...

Não vou me intimidar.

A LUTA CONTINUA.

Tenho fé e coragem.

Preciso da confiança de vocês.

Abaixo vocês poderão ver um breve resumo, entre dezenas de postagens que foram feitas nos últimos anos (reparem as datas no alto de cada matéria), onde denuncio as roubalheiras envolvendo obras da Odebrecht, inclusive cobrando do Ministério Público e da Justiça que fossem investigadas.




E reproduzo novamente a transcrição da delação de Benedicto Júnior, da Odebrecht quando foi interrogado pelo Ministério Público sobre nós (eu, Rosinha e Clarissa), em que deixa claro que nós nunca beneficiamos a empreiteira:

Pergunta: Houve algum benefício concreto do senhor Anthony Garotinho para a Odebrecht?

Benedicto: "Pedidos por nós não. Nós acabamos conquistando no mercado foi uma obra de construção de casas populares em Campos".

Pergunta: Mas houve algum benefício?

Benedicto: "Não. Que eu saiba não. Tratados comigo, não".

Pergunta: Houve algum tipo de fraude?

Benedicto: "Não. Leandro me disse que não houve nenhuma fraude".

Pergunta: Algum benefício concreto da senhora Rosinha para Odebrecht?

Benedicto: "Não".

Pergunta: E da senhora Clarissa?

Benedicto: "Também não. A Clarissa eu só encontrei uma vez. Também não. Nenhum.

Pergunta: Nenhum benefício concreto dela?

Benedicto: " Não, nenhum".