OAB-RJ aprova pedido de cassação de Pezão

Na reunião que ocorreu agora à tarde, o relatório preparado pela presidente de Comissão de Direito Constitucional da OAB-RJ, Vânia Aieta, pede a abertura do impeachment do governador Pezão. Dentre os muitos crimes atribuídos ao governador, a relatora argumenta que ele violou frontalmente o disposto nos artigos 8, 287 e 306 da Constituição Estadual, e vem fazendo uma gestão irresponsável e temerária.

O capitão e o pastor saem no pau

Jair Bolsonaro e o Pastor Everaldo estão em pé de guerra e acabam de fazer a primeira vítima. Édipo Azaro, presidente da Juventude do PSC, está se recusando a cumprir a ordem da executiva estadual, comandada por Everaldo, que a militância jovem fluminense apoie Bolsonaro para presidente. Enquanto um mira, o outro ora.

O que quer Rodrigo Maia?



O presidente da Câmara, Rodrigo Maia publicou ontem um ato da Presidência da Casa criando uma comissão especial destinada a proferir parecer à Emenda Constitucional 77, de autoria do deputado Marcelo Castro. A emenda prevê o fim da reeleição aos cargos majoritários, a realização de eleição simultânea para todas as esferas de poder (de vereador a presidente), e a duração de 5 anos dos mandatos de todos eleitos nos níveis municipal, estadual e federal, e 10 para os senadores. Alguma coisa há por trás porque a emenda já foi lida hoje em plenário, às 13h07, pelo deputado Fábio Ramalho. O que será?

Crise feia na Saúde de Campos

Cinco dirigentes do alto escalão da Prefeitura de Campos pediram exoneração agora à tarde, entre eles, o subsecretário de Atenção Básica, Benedito Pereira. Nos bastidores todo mundo dá como certa que a cabeça da secretária de Saúde, Fabiana Catalani será cortada nos próximos dias.

Lavagem de dinheiro

Há muito tempo venho alertando contra a repatriação de recursos sem origem declarada, depositados no exterior, nos mais diversos paraísos fiscais. Durante quatro anos consegui segurar na Câmara, como poderão ver no discurso abaixo, a aprovação do projeto que é uma verdadeira imoralidade tributária e penal. Em diversas ocasiões derrubei sessões da Comissão de Constituição e Justiça para impedir o andamento do projeto. Agora no governo Michel Temer muita gente se aproveitou da Lei de Repatriação e trouxe para o Brasil, de forma legal, dinheiro sujo da corrupção, como mostrou a operação de hoje da Polícia Federal, com relação a vários ex-gerentes da Petrobras. Percebam que no meu discurso em 2014, quando a Lava Jato ainda engatinhava, denunciei na tribuna da Câmara esse projeto imoral. Vários políticos repatriaram, com base na lei aprovada no ano passado, dinheiro sem comprovação da origem. Assistam o meu discurso.