Reprodução do jornal O Dia
Reprodução do jornal O Dia

A triste realidade, vamos ser francos, é que a bancada federal do Rio de Janeiro hoje deve ser a pior da história do nosso estado. Dos 46 deputados federais, posso lhes assegurar, não passam de dez os parlamentares que podemos dizer que são atuantes na defesa dos interesses do Rio de Janeiro. Tem mais uma meia-dúzia que até aparece na mídia, faz firulas, mas é por causas de interesse pessoal, sem nenhum compromisso com o estado que representam. Mais da metade dos deputados federais fluminenses é muito fraca, não acrescenta nada, e alguns só estão lá para fazer negócios. Essa bancada fraca, que não defende o povo do Rio de Janeiro, é uma consequência do domínio da quadrilha do PMDB na política do Rio de Janeiro. O dinheiro das propinas comprou partidos e garantiu a eleição de deputados do esquema.

Agora, articulado pela deputado federal Hugo Leal (PSB), será entregue na quarta-feira ao Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, um pedido de intervenção federal na Segurança e na Saúde. Bem, o certo seria pedir a intervenção federal no Estado, afastando o governador Pezão, nomeando um interventor. Mas isso jamais seria assinado pela bancada fluminense. Pelo menos é alguma coisa. Mesmo assim quero ver quantos deputados vão ter coragem de assinar esse pedido. Até sexta-feira só cinco assinaram, é claro que depois vou informar os nomes de quem se recusar a subscrever o documento.