Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Com o povo nas ruas pedindo sua renúncia, com a OAB pedindo oficialmente seu impeachment, e sem nem conseguir reunir os líderes dos partidos aliados num jantar de apoio, Temer segue rumo à ruína, ao cadafalso. Tentou usar como tábua da salvação uma perícia fajuta, encomendada pela Folha de S.Paulo, mas que já foi desmascarada. Agora agarra-se aos tucanos que lhe restaram, porque muitos já pularam para o outro lado do muro, para onde estão os que gritam "Fora Temer". As igrejas católica, luterana, metodista e anglicana já se posicionaram contra seu governo.

Aliás, sobre o pedido de impeachment que a OAB vai protocolar hoje ou amanhã na Câmara, Temer saiu-se com essa pérola: "Lamento pelos colegas advogados. Eu já fui muito saudado, recebi homenagens da OAB. Tem uma certa surpresa minha, porque eles que me deram espada de ouro, aqueles títulos fundamentais da ordem, agora se comportam dessa maneira." Pois é, agora Temer tem é a espada sobre a cabeça.

Enfim, Temer tenta resistir, balança, balança, ainda não caiu, mas não conseguirá sobreviver. É só uma questão de tempo.