Reprodução do Estadão
Reprodução do Estadão

O Palácio do Planalto conta com algum ministro do TSE pedir vistas do processo de cassação da chapa Dilma - Temer para adiar o julgamento. PSDB, DEM e outros partidos esperam a decisão do TSE para pular fora do governo. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes tem razão quando diz que não cabe à Corte resolver a crise política do país. Ao TSE cabe julgar com as provas. Mas diante da crise política que se instalou e do "cai não cai" de Temer, a verdade é que tudo se encaminha para que seja o TSE a - por consequência de sua decisão - determinar o rumo político do país. Para Gilmar Mendes o Brasil "está se tornando uma grande organização Tabajara".