Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Temer está incomodado com o tom das críticas do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que, inclusive, já se posicionou favoravelmente à saída do presidente. Por isso, Michel Temer deu ultimato à bancada do PMDB para destituir Renan da Liderança do partido no Senado até amanhã. Renan garante que tem apoio suficiente para nao cair. Agora depois do ultimato, se Renan não cair ficará evidenciado o enfraquecimento de Temer até dentro do PMDB. Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo.