Reprodução do Consultor Jurídico
Reprodução do Consultor Jurídico

Vejam vocês que essa ação foi impetrada por Clarissa Garotinho em 2012, ela ainda era deputada estadual. E cinco anos depois o STJ também nega o pedido de informações. Eu fico me perguntando para que serve a Lei de Acesso à Informação? As informações pedidas dizem respeito ao período em que Cabral era governador, ocupava cargo público. Vai entender! Enfim, continua o mistério das viagens de Cabral. Alguma vieram à tona durante a investigação da Operação Calicute, mas houve muitas outras em jatinhos particulares, e nunca se revelou os demais passageiros que embarcaram com Cabral.