Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Os tucanos - e não apenas eles - esperavam que o TSE cassasse Temer porque aí teriam um álibi para desembarcar do governo sem melindrar tanto o PMDB. Eles sabem que a cada dia que Temer segue afundando, arrasta mais para o fundo a imagem do PSDB, já baqueado pelas descobertas da Lava Jato e pela delação da JBS, que atingiram mortalmente o presidente do partido, senador Aécio Neves.

Nesta segunda, à tarde, a executiva tucana se reúne com todos os governadores, senadores e deputados federais do partido para deliberar que posição será adotada. Há uma clara divisão interna. O presidente interino, senador Tasso Jereissati (CE) e a bancada jovem de deputados querem sair do governo já. A turma de Aécio e Alckmin defende continuar no governo. O mais provável, tratando-se dos tucanos, é adiarem a decisão, agora esperando a denúncia de Rodrigo Janot contra Temer.