Affonso Monnerat e Geddel Vieira Lima
Affonso Monnerat e Geddel Vieira Lima

Nos bastidores da política dois personagens são apontados como "bola da vez" nas próximas etapas da Lava Jato.
No Rio as apostas indicam que o próximo a ser preso deve ser o braço-direito de Pezão, o secretário de Governo, Affonso Monnerat, cujo nome aparece nas planilhas da propina e já foi conduzido coercitivamente para depor na Operação O Quinto do Ouro. Em Brasília, o nome "em alta" nos prognósticos da Lava Jato é do ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), que já foi alvo de mandado de busca e apreensão e que é ligadíssimo a Eduardo Cunha.