Manchete da Folha de S.Paulo
Manchete da Folha de S.Paulo

O tão anunciado acordo entre o governo do Rio e a União para adesão ao programa de recuperação fiscal vai ficando cada vez mais longe. Ontem, Pezão esteve reunido no Ministério da Fazenda e recebeu a má notícias, que, aliás, era óbvia. Ora, o projeto aprovado no Congresso para os estados aderirem ao programa exigia a aprovação de teto de gastos, o que não aconteceu no caso do Rio. Logo o nosso estado não está em condições de se beneficiar da recuperação fiscal.

A verdade é uma só. O Tribunal de Justiça e o Ministério Público reclamaram do teto de gastos. Pezão como está todo enrolado, temendo represálias judiciais, desistiu da aprovação do projeto do teto de gastos na ALERJ. O resultado está aí, tão cedo o Rio não assinará o acordo com o governo federal. Vai continuar afundando mais a cada mês.