Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Há situações que são sintomáticas. No meio da mais grave crise política do seu governo, o homem-forte do Palácio do Planalto não é nenhum político, ninguém que trabalhe na articulação com o Congresso. O homem que emergiu como um dos principais conselheiros do presidente Michel Temer foi o general Sérgio Etchegoyen, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, a quem a ABIN é subordinada. Vocês lembram que foi noticiado que o Palácio do Planalto estava espionando o ministro do STF, Edson Fachin. O Palácio do Planalto desmentiu, mas ficou a dúvida no ar. Quando o general da área de inteligência é chamado para aconselhar é sinal que não há mais condições políticas de sobrevivência. Tá feia a coisa!