Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Esse é apenas um exemplo de como o governo Temer age, beneficiando devedores e sonegadores, empurrando as contas para o população pagar. No caso do alegado rombo da Previdência é a mesma coisa. O governo não cobra quem deve, por isso quer espetar a conta mexendo nas aposentadorias dos trabalhadores. Aliás, hoje no Brasil tem muito empresário que prefere não pagar tributos e ficar esperando programas de recuperação fiscal (Refis) onde acaba tendo descontos e parcelamentos a perder de vista. É o retrato do Brasil, mas não apenas com Temer, isso aconteceu com Lula, Dilma e FHC.