Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Como o povo e as entidades da sociedade organizada não se manifestam contra tudo o que está acontecendo no Rio de Janeiro, apenas postam críticas nas redes sociais, Pezão segue desafiando, debochando, afrontando, os servidores e a população. Onde é que já se viu no meio da crise sem fim que o estado vive fazer uma licitação para gastar R$ 2,5 milhões com aluguel de jatinhos. E o edital do Governo do Estado fala em "proporcionar requisitos mínimos de conforto". Pezão quer conforto, quer spa de luxo para relaxar enquanto muitos servidores passam fome.