O policial civil Rogério Pontes volta a mandar com força na Prefeitura de Campos. Como mostramos há poucos dias, uma de suas empresas, a RELUZ, ganhou um contrato de aluguel de geradores num valor superior a R$ 4,5 milhões.

Vejam abaixo, a matéria que publicamos no dia 20 de dezembro de 2016, que mostrava uma evolução patrimonial impossível de ser obtida com um salário de pouco mais de R$ 5 mil, que recebe como inspetor de polícia. Depois desta matéria novas informações dando conta de mais imóveis e empresas foram adquiridas por Rogério Pontes. Será que a Receita Federal, a Corregedoria da Polícia Civil, o Ministério Público Estadual ou a Polícia Federal, ninguém vai tomar uma atitude com todos esses sinais exteriores de riqueza?

E atenção: Daqui a pouco detalhes exclusivos da proposta de delação premiada de Sérgio Cabral.

Reprodução do Blog do Garotinho
Reprodução do Blog do Garotinho