Rodrigo Maia e Henrique Meirelles
Rodrigo Maia e Henrique Meirelles

Essa é de lascar. Já mostrei aqui no blog que acordo de recuperação fiscal do Rio é altamente prejudicial ao nosso estado, trata-se de um engodo que não vai resolver a crise e empurrará a conta para o próximo governador. Também já anunciei as medidas corretas para enfrentar o problema, que estão sendo ignoradas completamente pelas equipes de Pezão e Temer. Mas como o acordo será saudado e aplaudido pela mídia, e muitas pessoas vão cair nessa lorota, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) está em polvorosa porque quer dar a impressão de que foi ele que "salvou" o Rio de Janeiro. Por isso quer apressar a assinatura do acordo, ignorando os prazos legais, só para ser ele a assinar o acordo, antes do retorno de Michel Temer ao Brasil. Quer enrolar os eleitores fluminense, de olho nas eleições de 2018. Oportunismo eleitoreiro da pior espécie.