Nesta sexta-feira, dia 1, o presidente estadual do partido, o ex-governador Anthony Garotinho, deu posse à nova executiva do diretório municipal de Queimados. Numa cerimônia que aconteceu no plenário Gil do Glória, na Câmara dos Vereadores da cidade, totalmente lotado, Garotinho explicou por que escolheu essa cidade da Baixada Fluminense como primeira a passar pelo processo de renovação:

“Não foi por acaso. Foi proposital. Porque, aqui, estamos na cova dos leões”, disse, referindo-se ao fato de o município ser reduto do PMDB e de um dos principais aliados do deputado estadual Jorge Picciani, o ex-prefeito e atual secretário de Governo, Max Lemos.

“Mas não há mal que dure para sempre”, completou, sendo aplaudido pelos convidados presentes, entre correligionários do PR, filiados e políticos de outros partidos, como PSDB, Avante (ex-PT do B), PDT, PC do B e PPS.


O novo presidente do diretório municipal será o procurador concursado da Câmara dos Vereadores local, o Dr. Cassius Valério. Ele deixou a presidência do Avante na cidade. A executiva terá ainda outros nomes de peso na política do município: o ex-vereador Robson do Azair; e os ex-prefeitos Azair Ramos, que será vice-presidente do diretório, e Dr. Jorge César Pereira, novo presidente de honra da sigla.

A cerimônia de ontem também teve a filiação ao PR de inúmeros membros, dentre eles o próprio Dr. Cassius, além de Azair Ramos e Jorge Pereira.

“Nosso objetivo é contribuir para a mudança necessária no Estado do Rio e, particularmente, no nosso município de Queimados”, disse Dr. Cassius, que foi muito elogiado, inclusive, por políticos ligados ao PMDB, a quem Dr. Cassius faz oposição.

Em seu discurso, Garotinho empolgou os presentes em vários momentos, sobretudo quando fez críticas ao legado deixado pelo PMDB no Estado do Rio. “Meu presidente, Dr Cassius, temos um grande desafio pela frente. Não é propriamente o de ganhar a eleição, mas mostrar à nossa população que o estado é viável”, disse o ex-governador, que, mais uma vez, afirmou ainda não ter decidido se concorrerá ao governo em 2018, apesar de várias moções dos presentes no sentido de que ele seja candidato.

“Faço uma política igual à do ex-governador”, elogiou o vereador pedetista Jackson, referindo-se aos programas sociais voltados para a população pobre.

Ao longo de seu discurso, Garotinho foi aplaudido, inclusive, por aliados de Max Lemos na cidade. Entre os presentes, estavam o líder do PR na Alerj, o deputado estadual Bruno Dauaire; a presidente do PSDB no município, Lica do São Roque; o prefeito de Mesquita, Jorge Miranda; o prefeito de Japeri, Carlos Moraes; a vereadora de Mesquita Cris Gêmeas; o secretário de Defesa Civil de Queimados, Davi Brasil; entre outros.