Reprodução do Blog do Pedlowski
Reprodução do Blog do Pedlowski

Está certo o professor Marco Pedlowski na sua análise. Pezão com 81% de reprovação (ruim / péssimo) e apenas 3% de aprovação só se sustenta, não é nem porque tem a maioria dos deputados estaduais na mão, às custas de cargos e outras vantagens, mas principalmente porque conseguiu manter uma certa blindagem da mídia tradicional, e claro, porque mesmo com todas as humilhações sofridas pelo funcionalismo, vários sindicatos que antes lutavam por suas categorias foram cooptados pelo PMDB.

Impressiona o fato de que no Rio de Janeiro, apesar do maior assalto aos cofres públicos da história, com uma sucessão de escândalos atingindo o Governo do Estado e a ALERJ, e com a calamidade financeira que se instalou, ainda não tenha sido palco de uma grande manifestação contra o governador Pezão.