Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder
São necessárias 342 presenças em plenário para poder acontecer a votação da denúncia contra Temer, Moreira Franco e Eliseu Padilha. Na parte da manhã (até 12h30) só 271 deputados registraram presença. Na votação da primeira denúncia o quórum de 342 deputados foi atingido por volta das 15h. A oposição acredita que impedirá o quórum e, consequentemente, a votação da denúncia. O Palácio do Planalto e Rodrigo Maia querem "liquidar a fatura" ainda hoje, mesmo que a sessão avance pela noite.

Resta saber se a oposição terá força para impedir a presença de 342 deputados. Será?

Comentários

25/10/2017

09:44

Rinaldo - CE

Enquanto tiver sentado na cadeira da presidência da Câmara dos Deputados, deputado defensor de governo ou de presidente da República, infelizmente, corrupto no Palácio do Planalto não será investigado com rigor e o Brasil não vai pra frente.

26/10/2017

12:18

ANONIMO - XXX

FOI MELHOR ASSIM. POIS "RUIM COM ELE PIOR SEM ELE", VAMOS AGORA PARA 2018, NAS ELEIÇÕES DIRETAS,

26/10/2017

11:46

ELEITOR BRASILEIRO - BRASIL

EM SE TRATANDO DE PMDB, CHEGO A CONCLUSÃO DE QUE ONDE TIVER PREFEITO, GOVERNADOR OU PRESIDENTE PEEMEDEBISTA, SÓ NÃO VAI HAVER CORRUPÇÃO NO GOVERNO SE A OPOSIÇÃO FOR MAIORIA NA CÂMARA.