Jorge Picciani conduzido pela Polícia Federal
Jorge Picciani conduzido pela Polícia Federal

Em meio à nota oficial, divulgada por sua assessoria, Jorge Picciani saiu-se com essa:

"Em toda a minha carreira jamais recebi qualquer vantagem em troca de favores. A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro não atua a serviço de grupos de interesse".

É pra rir ou pra chorar?

Fecha o pano.

Em tempo: Claro que não são todos os deputados da ALERJ que se envolveram em esquemas, mas infelizmente a maioria atua, ao contrário do que diz a nota de Picciani, "a serviço de grupos de interesse".