Bem, tem doido para tudo. Essas duas faixas, pró-inocência de Cabral, na Barra da Tijuca, e pró-Sarney, em Brasília são simplesmente inacreditáveis. No caso de Cabral é um grupo organizado pelo deputado Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador, já com relação ao ex-presidente deve ser alguém saudoso.