Essa é a íntegra da denúncia oferecida pelo MPF e aceita pelo TRF decretando a prisão dos deputados do PMDB Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi.

Como poderão ver, são provas contundentes. Não deixam dúvida alguma que armaram uma quadrilha dentro da Alerj para favorecer as empresas de ônibus em troca de propina.

Leia com atenção e veja que, além dos referidos deputados, há inúmeras empresas e fornecedores do estado que participaram de mais esse esquema fraudulento durante o governo Cabral/ Pezão.

Clique no link abaixo e leia:

Clique aqui