Cabral e Paes; abaixo reprodução do UOL
Cabral e Paes; abaixo reprodução do UOL

Na denúncia que apresentei em 2012 à Procuradoria Geral da República ficava claro que os métodos utilizados por CABRAL eram replicados por Eduardo Paes na Prefeitura do Rio. A corrupção gigantesca ocorrida na esfera estadual era repetida metodicamente na prefeitura carioca, especialmente em 3 áreas: obras, saúde e publicidade.

Até os personagens em alguns casos são os mesmos.

O mesmo REI ARTHUR que reinou nos contratos do ESTADO com CABRAL, deitou e rolou na PREFEITURA com EDUARDO PAES.

As Organizações Sociais que roubaram milhões da saúde estadual com Sérgio Côrtes, se lambuzaram na corrupção das clínicas da família e hospitais cariocas. E o mesmo marqueteiro, Renato Pereira, torrou os milhões de CABRAL e PAES num esquema violentíssimo de uso indevido de dinheiro público.

A mesma operação dos ônibus na ALERJ funcionou na Câmara de Vereadores, sob o comando dos aliados de EDUARDO PAES.

A CORRUPÇÃO da gestão municipal de EDUARDO PAES não fica devendo nada ao monstruoso esquema de CABRAL no ESTADO.

A diferença de estilo foi o que levou CABRAL a ser pego primeiro, a "corrupção ostentação" do governador contrastava com o "rouba quieto" do ex-prefeito do Rio.

No restante são iguais, na verdade duas partes da mesma laranja.