Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Existe uma expressão popular usada quando nos referimos a um grande bandido que diz: "esse aí merece 100 anos de prisão". Bem, no caso de Sérgio Cabral a expressão se materializou com sua quinta condenação, pelo esquema de lavagem de dinheiro com joias, mas ainda é pouco diante da maior roubalheira da história do Rio de Janeiro. E a pena ainda aumentará muitos anos. Vamos aos fatos.

Cabral foi condenado 5 vezes com penas que somam 100 anos e 8 meses de prisão.

Adriana Ancelmo foi condenada pela terceira vez e sua pena atingiu 37 anos e 11 meses.

Presos só têm direito a passar ao regime semiaberto após cumprirem 1/6 da pena. No caso de Cabral hoje, são 16 anos. Como está preso desde novembro de 2016 só terá direito ao semiaberto em 2032, daqui a 14 anos, quando estará com 69 anos.

Mas é bom lembrar que o ex-governador ainda é réu em mais 16 processos. Portanto ficará mais tempo atrás das grades.

E aí é importante observar que pela lei brasileira ninguém pode cumprir pena de mais de 30 anos de prisão. Portanto Cabral, a menos que consiga rever as penas em instâncias superiores, só deixará a cadeia em 2046, quando terá 83 anos.