Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

No domingo foi divulgada a pesquisa do Instituto Ipsos para o Estadão, que mostra Temer com 4% de aprovação. Hoje foi a vez da pesquisa CNT / MDA que registra aprovação de 4,3%. Ou seja, uma confirma a outra, com o agravante para Temer que a pesquisa divulgada hoje foi realizada no final da semana passada, já depois dos primeiros efeitos da intervenção militar no Rio, e da criação do Ministério da Segurança Pública.

E com a autorização do STF para Temer ser investigado e ter seu sigilo bancário quebrado no inquérito sobre a MP dos Portos, novamente está acuado. Não há remédio que cure a reprovação histórica de Temer.