Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Não sou a favor de qualquer ato de vandalismo, seja contra o Globo ou quem quer que seja. Se havia mulheres armadas com facões, como sustenta o Globo, é inadmissível. Só estranho que apenas o Globo fala dos "facões", nenhum outro veículo noticiou esse fato específico, apenas as pichações e a fogueira feita no estacionamento. Bem se havia gente armada de facões devem aparecer as imagens. Também nenhum outro veículo noticiou que tenha havido ameaças e ataques a profissionais, só o Globo. E aqui para nós, o Globo tem o direito de reagir à invasão, mas falar em ataque à "imprensa livre" ou dizer que cumpre "a missão de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público", aí é desafiar a inteligência alheia. Basta ver os ataques e perseguições que faz contra mim e minha família.

Aliás, não custa lembrar - basta procurarem no Google - que as invasões de ministérios durante o governo Dilma, inclusive por parte do MST, nunca foram repudiadas pelo Globo.